Ilusões

Lembrando a antiga boemia… Meras ilusões perdidas nos longos e lentos dias de uma pandemia.

Renascer

Algum dia, não sei quando, desapareceremos do planeta Terra, nossa casa tão mal tratada. Não importa se será em consequência de uma catástrofe ambiental, uma guerra nuclear ou, simplesmente, pela apatia e desinteresse em prosseguir uma jornada de violência, destruição, ódio e desamor.   Nossas lembranças, virtudes e cultura ficarão como um legado para ninguém.…… Continuar lendo Renascer

Flores de Novembro

Fotos: Carlos Emerson Jr. Para um domingo sem eleição (Nova Friburgo não tem segundo turno), que tal umas flores para amenizar o ambiente e alegrar o final do dia, vença quem vencer? Uma curiosidade, hortências são muito comuns por aqui mas em dezembro e janeiro, com o calor. Essa da foto, pelo visto, gosta de…… Continuar lendo Flores de Novembro

Oração

“Concedei-me, Senhor a serenidade necessária Para aceitar as coisas que não posso modificar. Coragem para modificar aquelas que posso e Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.” (Trecho da Oração da Serenidade) Não sou religioso, crente, teólogo, padre, sequer um católico praticante. Pelo contrário, grande parte de minha vida mantive Deus a uma distância segura…… Continuar lendo Oração

Vacina

Poliomielite Caxumba Meningite Febre Amarela Sarampo Varicela Tifo Rubéola Gripe Pneumonia Coqueluche Difteria Tétano Varíola Rotavírus e outras mais. Vacinar, para quê? Ora, que pergunta, vacinar é um ato de amor! É respeitar a si mesmo e o próximo. Proteger nossas paixões, filhos, pais, amigos, até mesmo… desconhecidos. Vacinar é humanidade. Vacinar é vida.

A liberdade e a máscara

Google Imagens “A liberdade enfaticamente não inclui a liberdade de deixar outra pessoa doente. Não inclui a liberdade de se recusar a usar máscara no supermercado, espirrar em alguém na seção de hortifrutigranjeiros e transmitir o vírus. Isso não é liberdade para a pessoa que é espirrada. Para essa pessoa, a “liberdade” da primeira pessoa…… Continuar lendo A liberdade e a máscara

Eleições em novembro?

Correio da Manhã (Rio) Já vou logo avisando, não voto em ninguém nas eleições de novembro. Aliás, para ser mais claro, não vou e sequer posso descer a serra até o Rio para cumprir minha obrigação cívica. Os motivos estão na cara, uma quimioterapia ainda por terminar, uma última cirurgia ainda por marcar e os…… Continuar lendo Eleições em novembro?

Casa de bonecas

Moradores de uma casa aqui perto construíram em seu jardim essa raridade (principalmente para quem passou a vida quase toda no Rio), uma casinha toda pintada e decorada para as meninas brincarem. É como diz uma amiga nossa aqui da serra: ah, o interior! Fotos: Carlos Emerson Jr.

O branco dos olhos do inimigo

Um dia vi o branco dos olhos do inimigo.Tenso, assustado,nitidamente acuado.Quase em pânico, diria. Horrorizado, recuei!Percebi que o inimigo me olhava espantado,muito perto de mim,dentro de um espelho. Um dia vi o branco dos olhos do inimigo,e ele era um velho conhecido…

O apagão

Foto: Carlos Emerson Junior Onde você estava quando as luzes se apagaram na noite da última sexta-feira, dia 2 de outubro? Pois é, peguei emprestado o título de um antigo filme da década de 60, com Doris Day e Patrick O’Neal para falar sobre o apagão que deixou no escuro cerca de 20 municípios fluminenses…… Continuar lendo O apagão

Deu no New York Times

O editorial do NYT de hoje, traduzido e transcrito abaixo, é curto e grosso, apontando a irresponsabilidade, arrogância e falta de empatia de uma elite política que só se preocupa com o povo na época de pedir seus votos.

Estúpida mente

Estupidamente só Estupidamente apaixonado Estupidamente romântico Estupidamente feliz Estupidamente gelada Estupidamente estúpido Estupidamente deliciosa Estupidamente engraçado Estupidamente caro Estupidamente essencial Estupidamente ridículo Estupidamente inútil Estupidamente genial Estupidamente complexo Estupidamente necessário Estupidamente vivo Estupidamente incorreto Estupidamente violento Estupidamente perigoso Estupidamente proibido Estupidamente viral Estupidamente dramática Estupidamente triste Estupidamente morto. E é isso… Culpa da estúpida mente.…… Continuar lendo Estúpida mente

Dois mil e vinte, o ano que nunca começou

Trinta e um de dezembro de dois mil e dezenove. Toda a mídia, praticamente sem exceção, divulga as famosas previsões de astrólogos, videntes, cartomantes, tarólogos, religiosos, cientistas, analistas políticos, economistas, atores, músicos e celebridades diversas sobre o ano que está chegando. Vamos lembrar algumas? “Para a carreira, as previsões para 2020 são muito boas. Tudo…… Continuar lendo Dois mil e vinte, o ano que nunca começou

Vírus Filho da Puta!

Os números são terríveis: no mundo são 25.251.334 casos de Covid-19 e 846.841 mortes. O Brasil contribuiu até agora com 3.908.272 casos (15,47%) e 121.381 fatalidades (14,33%). Nosso desgovernado Estado do Rio tem 223.631 casos e 16.065 óbitos e Nova Friburgo, com 2.409 casos e 100 mortes, aparece lá embaixo mas com números preocupantes para…… Continuar lendo Vírus Filho da Puta!

Livros em quarentena

Confesso que tenho lido e escrito muito pouco. O isolamento tem um preço que é agravado pela medicação da quimioterapia, a concentração. Segundo neurologistas do Hospital das Clínicas de São Paulo, “o isolamento pode provocar certo embotamento psicológico, frieza e distanciamento das emoções positivas”. De uma maneira grosseira, acho muito mais simples tirar uma soneca…… Continuar lendo Livros em quarentena

Bicho Pau, o filme

https://youtu.be/_2CEGEl-DMo Vocês conhecem o Bicho Pau? Pois é, eu já tinha até feito um post sobre ele no ano passado, o Bicho Pau, um curioso inseto, considerado um mestre da mimetização, além de ser um dos maiores do mundo, podendo atingir até 60 centímetros) claro. Depois disso já cruzei com outros exemplares simplesmente completamente imóveis,…… Continuar lendo Bicho Pau, o filme

Os Estatutos do Homem

(Ato Institucional Permanente) por Thiago de Mello Santiago do Chile, 1964 Artigo I. Fica decretado que agora vale a verdade. que agora vale a vida, e que de mãos dadas, trabalharemos todos pela vida verdadeira. Artigo II. Fica decretado que todos os dias da semana, inclusive as terças-feiras mais cinzentas, têm direito a converter-se em…… Continuar lendo Os Estatutos do Homem