Passado

Em uma rua completamente deserta de Friburgo, o orelhão repousa esquecido e cansado. Coitado, apenas uma relíquia das vozes do passado.

Tempos

Só quando vivemos tempos estranhos, percebemos a falta que fazem os visionários, os amantes, idealistas e sonhadores. Onde estarão os poetas?

Ilusões

Lembrando a antiga boemia… Meras ilusões perdidas nos longos e lentos dias de uma pandemia.

Vacina

Poliomielite Caxumba Meningite Febre Amarela Sarampo Varicela Tifo Rubéola Gripe Pneumonia Coqueluche Difteria Tétano Varíola Rotavírus e outras mais. Vacinar, para quê? Ora, que pergunta, vacinar é um ato de amor! É respeitar a si mesmo e o próximo. Proteger nossas paixões, filhos, pais, amigos, até mesmo… desconhecidos. Vacinar é humanidade. Vacinar é vida.

O branco dos olhos do inimigo

Um dia vi o branco dos olhos do inimigo.Tenso, assustado,nitidamente acuado.Quase em pânico, diria. Horrorizado, recuei!Percebi que o inimigo me olhava espantado,muito perto de mim,dentro de um espelho. Um dia vi o branco dos olhos do inimigo,e ele era um velho conhecido…

Estúpida mente

Estupidamente só Estupidamente apaixonado Estupidamente romântico Estupidamente feliz Estupidamente gelada Estupidamente estúpido Estupidamente deliciosa Estupidamente engraçado Estupidamente caro Estupidamente essencial Estupidamente ridículo Estupidamente inútil Estupidamente genial Estupidamente complexo Estupidamente necessário Estupidamente vivo Estupidamente incorreto Estupidamente violento Estupidamente perigoso Estupidamente proibido Estupidamente viral Estupidamente dramática Estupidamente triste Estupidamente morto. E é isso… Culpa da estúpida mente.…… Continuar lendo Estúpida mente

Cerejeiras

“Em uma encosta de montanha, solitária, não acompanhada, se encontra uma árvore de cerejeira. Exceto para você, amiga solitária, para os outros eu sou desconhecido.” (Abade Gyôson – 1055/1135) oOo Oi! Passei aqui para avisar que as cerejeiras de Nova Friburgo estão florescendo. Além de deixar a cidade muito mais bonita, são sempre um tema…… Continuar lendo Cerejeiras

Não sei ler e escrever

Gravura: Sophie Lambert E se eu escrevesse um romance,  novela, um conto que seja? Quem sabe, um poema! Uma crônica serve?  Ou você prefere um livro de receitas? Pois é… Tudo para te agradar. Mas, como você notou, não leio ou escrevo mais nada triste, alegre, feio ou bonito. E sequer sei cozinhar… Desculpe. Carlos…… Continuar lendo Não sei ler e escrever

Publicado em
Categorizado como Rimas Tag

Natal

Que neste Natal, eu possa lembrar dos que vivem em guerra, e fazer por eles uma prece de paz. Que eu possa lembrar dos que odeiam, e fazer por eles uma prece de amor. Que eu possa perdoar a todos que me magoaram, e fazer por eles uma prece de perdão. Que eu lembre dos…… Continuar lendo Natal

Humanidade

anafilaxia anorexia dispepsia apatia. ataxia discalculia apoplexia disgrafia. abulia hiperpirexia dislexia paralisia. displasia azia astenia fobia. anemia leucemia epilepsia pneumonia. profilaxia? o tempo não remedia, a gente vicia e a lista reinicia.

Oração

Ó Cristo Ressuscitado, da morte vencedor, por tua vida e teu amor, mostraste a nós a face do Senhor. Por tua Páscoa o céu à terra uniste e o encontro com Deus a todos nós permitiste. Por ti, Ressuscitado, os filhos da luz nascem para a vida eterna e abrem-se para os que crêem as…… Continuar lendo Oração

Tempestade

Quando o vento muda e as nuvens escurecem, é um Deus nos acuda, lá vem a tempestade. Hora de tirar os barcos d´água, procurar abrigo, quem sabe rezar. Em algum momento, garanto, tudo vai passar.

Encruzilhada

Preste muita atenção, não vá se perder na jornada. Entre o ponto de partida e o ponto de chegada, sempre existe uma encruzilhada.

Sol de inverno

O sol de inverno, pontual, acorda Friburgo. Pela janela reclamo, mal desperto: precisava trazer todo esse nevoeiro?

Lembretes

Marcar consulta com o dentista, pagar o condomínio, ligar para minha irmã, levar a roupa para lavar, encontrar um grande amor e escrever um poema. Carlos Emerson Júnior

Filosofia do dia

Na boa, antes um casamento real, do que uma briga à toa, ou uma discussão surreal. Concorda, pessoa? Carlos Emerson Júnior

Mantras

Um anfiteatro, um palco, um cartaz com palavras soltas. Só consegui ler amor e zen. Amor Zen. Lembrei o mantra: “eu estou aqui por você”. Mas tem outro, eu te amo.