Versos pandêmicos

Vivendo tempos estranhos,

percebi a falta que fazem

os visionários, loucos, idealistas e sonhadores.

Meus Deus, onde foram parar os poetas?

Lembrei a antiga boemia…

Pura perda de tempo,

meras ilusões perdidas

nos longos e lentos dias

vendo a vida atrás de uma janela.

E se eu escrevesse um romance,

novela, um conto que seja?

Ou você prefere um livro de receitas?

Faria tudo para te agradar,

mas, como você notou,

não consigo mais pensar, ler, escrever

e sequer sei cozinhar…

Desculpe,

deve ser a pandemia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.